frittata
  • Facebook

 

frittata
  • Facebook

O ovo é um alimento fantástico, versátil e adaptável a todos os sabores e ingredientes, seja para preparar um prato doce ou salgado. O ovo tem uma alquimia maravilhosa! Comporta-se de maneira diferente conforme a temperatura e o tempo que é cozinhado, ficando mais ou menos firme, com diferentes texturas. A clara e a gema cozinham em tempos diferentes: a gema demora mais tempo a cozer, por isso uma receita que tenha mais gemas do que claras vai sempre ficar cremosa (são as gemas que dão cremosidade ao Bacalhau à Brás, por exemplo). Por outro lado, as claras, quando batidas, dão ar e leveza a bolos e não só. Esta frittata fica bastante leve e arejada porque os ovos são bem batidos. A frittata é uma especialidade italiana do género da tortilha, mas mais leve e com os ingredientes dispostos por cima do ovo. Nunca a deve virar na frigideira, o objetivo é que a parte de cima fiquei com os ingredientes que recheiam a frittata bem direitinhos. Para que fique douradinha por cima, pode terminá-la no forno ou tapar a frigideira nos últimos minutos para acabar de cozinhar os ovos. Deixe a frittata cozinhar conforme o seu gosto. Eu gosto dela fofa e cremosa no interior. Se seguirem os passos que indico, incluindo a questão das temperaturas, vai ficar boa seguramente! É um prato delicioso para qualquer refeição em qualquer momento do dia!

Ingredientes para cada frittata (1 pessoa):

3 ovos M
35 gr de Queijo São Miguel da Lactaçores cortado em cubinhos pequenos
70 gr de tomate chucha mini (ou tomate cereja)
70 gr de flores de bróculos
1 colher de sopa de manteiga Novaçores
2 colheres de sopa de leite meio gordo Novaçores
Sal qb
1 colher de chá rasa de fermento em pó
Coentros frescos qb
Pickles de cebolinhas qb

Preparação:

Comece por cozer os bróculos durante 5 minutos em água num tacho destapado ou ao vapor. Aproveite apenas as flores dos bróculos para a frittata (deve ter a quantidade indicada) e guarde os caules para fazer sopa ou um arroz de legumes. Bata os ovos com o leite e um pouco de sal numa taça, com a vara de arames, até começar a ganhar alguma espuma (arejar os ovos). Adicione o fermento e bata mais um pouco. O fermento vai fazer a frittata crescer e o ar incorporado nos ovos vai fazer com que o resultado final seja fofo e leve. Deite a manteiga numa frigideira média (não mais de 20 cm de diâmetro). Quando a manteiga derreter e a frigideira estiver bem quente, deite lá os ovos batidos e deixe cerca de 30 segundos apenas para ganhar uma crosta por baixo. Logo de imediato baixe o calor para uma temperatura média (para não queimar). Adicione os cubos de queijo, os tomates cortados ao meio e as flores de bróculos. Deixe cozinhar cerca de 4 a 5 minutos sem nunca virar os ovos. Para que cozinhem também na parte de cima, pode tapar a frigideira e deixar cozinhar mais 2 minutos ou levar a frittata a terminar no forno pré-aquecido a 180º e com a resistência superior ligada para gratinar o queijo. Deixe ficar no forno durante 5 minutos. Quando a frittata estiver pronta, sirva com ervas frescas e pickles de cebolinhas para dar frescura.

Bom apetite!