dicas sobre abóbora
  • Facebook

A abóbora é um dos alimentos que mais utilizo para tudo! Uso abóbora em pratos doces, salgados, em massas, molhos, também já usei em risotto e é uma delícia! A abóbora tem a particularidade de ser extremamente versátil e de se poder aproveitar tudo dela. Tudo mesmo, incluindo as sementes, as cascas (vejam a receita de sopa cremosa mais à frente neste artigo) e as flores. Podem espreitar esta receita de flores de abóbora recheadas e já sabem que quando tiverem acesso às flores, também elas são comestíveis e fazem pratos muito bonitos (tal como as flores de courgette).

A nível nutritivo a abóbora é interessante pelo facto de ter um teor de gordura praticamente nulo e ser rica em alguns minerais e vitaminas: potássio, cálcio, ferro, magnésio e vitaminas C, A e E. Tem muito pouca proteína e também poucos hidratos de carbono, ou seja, é um vegetal com as caraterísticas mais próprias dos vegetais: serve para nos fornecer vitaminas. E não é por isso que dá menos sabor e cor à nossa alimentação. A abóbora é um alimento que oferece muita cor a todo o tipo de pratos e o seu sabor conjuga bem com quase tudo. Podem encontrar aqui no blog imensas ideias de receitas com abóbora.

tipos de abóbora
  • Facebook
Há vários tipos de abóbora, desde a menina à manteiga, todas apresentam algumas diferenças de textura e até de sabor. Uma das diferenças entre as variedades de abóbora é a quantidade de água. A abóbora menina tem muita água, pelo que é boa para ser utilizada em sopas ou molhos. Também é viável fazer doce com ela, nomeadamente se for assada. Eu gosto muito de assar a abóbora para várias utilizações posteriores: bolos, compota, Sonhos de Natal. Se assarem a abóbora em vez de a cozerem para os sonhos ou bolos, vai largar muito menos água e deixar tudo mais suculento.

Uma das abóboras que tem menos água é a variedade aikido. É tão cremosa e doce, que comê-la só assada já é quase uma sobremesa por si só! A textura, e mesmo o sabor, fazem lembrar um pouco a batata doce. Depois de assada no forno fica muito cremosa e densa, não larga água praticamente nenhuma, como podem ver na foto em baixo. A polpa é excelente para compota e todo o tipo de doces. Fiz uns doces com esta abóbora assada, que vou partilhar convosco no próximo fim-de-semana. E também aproveitei as cascas, neste caso para uma sopa muito cremosa. Deixo-vos a receita e aproveito para vos mostrar a lindíssima pedra de degustação que a Duuras me enviou. A Duuras é uma marca portuguesa que fabrica pedras de degustação em ardózia negra e mármore de Estremoz, artigos muito resistente e bonitos, orgulhosamente nacionais e que vão tornar os meus pratos ainda mais apresentáveis 🙂

abóbora assada
  • Facebook

sopa de abobora
  • Facebook

Creme de cascas de abóbora:

250 gr de alho francês
250 gr de courgette
350 gr de casca de abóbora aikido depois de assada – NOTAS: use a polpa para bolos ou compota. Para conseguir 350 gr de cascas de abóbora vai precisar de umas 3 abóboras aikido pequenas a médias. Se só quiser assar uma, faça menos quantidade de sopa ou use tudo: casca e polpa da abóbora.
Um fio de azeite e sal qb
Folhas de espinafres a gosto

Preparação:

Corte as abóboras em pedaços, depois de lavadas, mas sem descascar (corte ao meio, ao meio novamente até obter gomos grandes). Coloque-as num tabuleiro de forno e tape com folha de alumínio. Leve a assar no forno a 220º durante 30 minutos ou até estar macia. Com uma colher, retire a polpa para outras utilizações e aproveite as cascas para a sopa cremosa.

Enquanto a abóbora assa no forno coza os restantes legumes. Corte a courgette e alho francês em pequenos pedaços e leve a cozer com água e sal. Cubra os legumes com água e depois junte outro tanto (o dobro, pois ainda vai juntar as cascas de abóbora à sopa). Quando os legumes estiverem cozidos, junte as cascas de abóbora e triture tudo com a varinha mágica. Por fim junte folhas de espinafres a gosto, um fio de azeite, misture e tape a panela. O calor vai ser suficiente para amaciar as folhas de espinafres, não é necessártio levar novamente ao lume.

Dica: quando faço sopa com todos os legumes cozidos em água, também não descasco a abóbora, nem as cenouras nem a courgette.

Espero que gostem desta sopa muito cremosa, saudável e que aproveita também as cascas da abóbora! Usem a polpa para doces, agora que está a chegar a época das Festas, há muita coisa boa para fazer com abóbora. E podem ainda pôr as sementes a secar para as semear na próxima época ou fazer um snack com elas 😉

Snack de sementes de abóbora:

  • Deixe as sementes de molho em água e sal durante uma hora
  • Seque-as bem
  • Tempere-as a gosto (sal, pimenta, pimentão doce)
  • Leve-as a assar no forno a 200º até ficarem douradas e crocantes