• Facebook
Além de maçãs, tomate cereja e outras coisas boas, no último fim de semana trouxe figos pingo de mel de casa dos meus pais. Os figos lá são mais tardios pelo facto da zona oeste não ser muito quente, pelo que só os consegui apanhar agora, em setembro. Mas valeu muito a pena! Nunca tinha feito uma colheita tão boa da figueira. Consegui trazer quantidade e qualidade de figos com que fiz o habitual doce, que é muito apreciado por todos. Gosto de o fazer com os pedaços de figos grandes, sem lhes retirar a pele/casca e acho que esse é o segredo do doce ser tão bom. Fica mesmo muiiiiitoooo guloso! É agradável para comer com pão ou tostas ou para fazer combinações com queijos, como esta receita que faço há anos e que é sempre um enorme sucesso:
Ingredientes:
1 kg de figos pingo de mel
500 gr de açúcar branco
3 cascas de laranja (só a parte laranja)
Preparação:
Lave os figos rapidamente sem os encharcar muito. Corte-os em quartos
ou em metades, no caso de serem muito pequenos (eu gosto de fazer este
doce assim e deixar os pedaços de fruta inteiros). Coloque-os numa
panela. Junte o açúcar e a casca de laranja.
Leve a lume médio, mexendo de vez em quando durante cerca de uma hora até atingir ponto de compota (ponto de estrada).
Depois de pronto coloque o doce em frascos esterilizados, feche-os com o
doce ainda quente. Volte-os de tampa para baixo e deixe ficar assim até
que arrefeçam (durante a noite, de um dia para o outro, por exemplo).
Isto vai fazer com que se crie vácuo e a compota vai conservar-se por
mais tempo.

Bom apetite!