Fiz mais uma receita de bacalhau diferente, inventada e que correu bem ūüôā At√© porque se torna f√°cil, dado que o bacalhau liga bem com tudo! Este prato tem sabores bastantes alentejanos, muita tomatada e a farinheira, fica muitooo suculento. A do√ßura da batata doce equilibra a acidez do tomate e o salgado do bacalhau, na minha opini√£o liga tudo muito bem. Ficou uma del√≠cia, quem provou gostou muito. Espero que tamb√©m experimentem e apreciem.
Ingredientes para 4 pessoas:
4 postas bacalhau
1 farinheira
2 batatas doce (cerca de 600 a 700 gr de batata)
1 alho francês grande
1,5 dl de azeite 
1 lata de polpa de tomate grande ou 8 tomates maduros
Oreg√£o secos qb 
Preparação:
Comece por cozer o bacalhau em água durante apenas 8 minutos. Corte o alho francês em rodelas e refogue-o no azeite. Quando estiver macio, junte a farinheira e desfaça-a com um garfo. Depois junte o tomate e desfaça-o também. Deixe cozinhar durante 3 minutos. Junte o bacalhau depois de cozido e removidas as peles e espinhas. Deixe cozinhar mais 2 minutos e vá mexendo. Não precisa de sal, pois o bacalhau já tem o suficiente.
Lave muito bem as batatas e corte-as em rodelas finas. Coza-as durante 2 minutos na √°gua de cozer o bacalhau. Depois de ter as rodelas de batatas cozidas e o preparado de bacalhau pronto, monte o prato.
Pode fazer num tabuleiro ou em aros de empratamento e servir em doses individuais. Disponha uma camada de batatas n√£o muito alta (cerca de 2 cm), por cima disponha uma generosa quantidade de bacalhau e por cima novamente uma camada de batatas. Regue com um fio de azeite, polvilhe com oreg√£os e leve ao forno a 200¬ļ a gratinar durante cerca de 15 minutos. Sirva com uma salada verde.

Nota: eu fiz algumas doses individuais empratadas em aros e coloquei o que sobrou num pequeno tabuleiro. Como acabou a batata doce, substitui por rodelas de courgette, que foi crua ao forno (neste caso não precisa de cozedura prévia).

Bom apetite! Comam bem e de forma saud√°vel!