Bacalhau, borrego, cabrito, andam mais ou menos por aí os pratos típicos da Páscoa. Na vossa família têm alguma tradição especial? Se têm, partilhem connosco! Aqui em casa, como sempre e como em qualquer festa, não pode faltar o arroz doce cremoso (receita AQUI). Amanhã até vou fazer para levar para a simpática turma de Pilates que frequento.
As bolas e os folares também são típicos desta festividade e eu adoro, tantos os doces, como os salgados. Este ano ainda tenho o objetivo de experimentar um folar de enchidos. Entretanto, para quem gosta desse género de receita, podem ver AQUI uma bola de carnes que é muito boa.
Quanto à receita de borrego, bem sei que há muitas pessoas que não apreciam esta carne, mas se for bem temperada, fica deliciosa. No tempero usei o limão e o gengibre para dar frescura e acidez e depois juntei um pesto de hortelã ao prato e ficou magnífico. O facto da carne ser de boa qualidade também ajuda… e muito! Esta perna de borrego vinha impecável, bastante limpa e pronta a confecionar, comprei-a no talho Batcarnes, na Castanheira do Ribatejo, onde habitualmente me forneço. Não me canso de dizer que adoro lá ir porque a carne é mesmo de muita confiança e o serviço é do mais simpático que já vi! Se foram da zona de Vila Franca de Xira e quiserem experimentar, não deixem de provar os enchidos caseiros, a farinheira é mesmo fumada a lenha… hum! É uma delícia! Até parece que estou a sentir o cheirinho 😉

Ingredientes:

1 perna de borrego com 1 kg a 1,5 kg
1 limão
2 colheres de sobremesa de pasta de alho
1 colher de chá de gengibre em pó
4 folhas de louro
2 colheres de chá de pimentão doce
1 malagueta ou 1 colher de café de paprika picante
2 colheres de chá de mistura de ervas aromáticas secas (alecrim, tomilho, etc)
Sal grosso qb
Pimenta qb
1 dl de azeite
1 cebola grande
Batata doce e grelos de couve para acompanhar
Para o pesto: um molho de hortelã (aproveite só as folhas), 1 colher de sopa de caju, 0,7 dl de azeite de boa qualidade, 1 colher de sopa de Queijo da Serra meia cura, 1 dente de alho pequeno, sal e pimenta qb

Preparação:

De véspera, arranje e tempere a carne. Esfregue a perna de borrego com limão. Numa taça ou almofariz junte a pasta de alho, a mistura de ervas aromáticas, o gengibre em pó, a paprika, o pimentão doce e a pimenta. Junte um fio de azeite e misture tudo muito bem. Barre a perna de borrego de ambos os lados com esta mistura. Coloque a carne a repousar num tabuleiro e cubra com película aderente. Deixe nesta vinha de alhos de um dia para o outro.
No dia de cozinhar tempere a carne com sal grosso. Deite azeite numa frigideira anti-aderente e sele a carne, tostando-a bem de todos os lados durante alguns minutos. Num tabuleiro deite mais um fio de azeite, a cebola cortada  em meias luas e disponha a carne por cima. Regue com o restante azeite, que aproveitou depois de tostar a carne. Leve ao forno a 200º durante 60 a 80 minutos ou até dar um pequeno golpe e verificar que a carne está cozinhada. 30 minutos antes de terminar o assado, junte batata doce em rodelas e deixe-a assar com a carne.
Prepare o molho pesto colocando todos os ingredientes numa picadora ou processador de alimentos. Sirva a carne com a batata doce, grelos salteados, o pesto de hortelã e mais folhas de hortelã para dar frescura. É uma receita deliciosa, este molho de hortelã é divino e dá um toque muito diferente ao prato.
Bom apetite e votos de uma Páscoa Feliz!