receitas com abóbora
  • Facebook

doces com abóbora
  • Facebook

abóbora
  • Facebook

E sai mais uma receita com… abóbora!! 🙂 Ainda não estão fartos, pois não?!? Eu assei as abóboras e tinha que aproveitar tudo! Primeiro fiz a sopa com as cascas de abóbora assada, de seguida fiz o doce com a polpa dessas abóboras aikido. Uma parte do doce levou ananás e noutro tacho fiz o mesmo doce, exatamente com as mesmas quantidades de tudo, mas sem ananás.

E foi esta versão só com abóbora que resolvi utilizart como recheio desta tarte porque o doce ficou com uma consistência muito cremosa e espessa (tipo puré). Já viram, que coisa mais fácil? Simplesmente misturamos o doce previamente preparado com ovos e voilá! O resultado foi uma tarte de abóbora super rápida de fazer (se usarem massa de compra, é mesmo muito rápida) e deliciosa! Podem fazer o doce e guardar em frascos estirilizados (alguns dos meus vão ser ofertas de Natal) e se quiserem fazer esta tarte, basta terem a massa e juntarem ovos. É algo delicioso, digno da mesa de Natal se quiserem ou perfeito para qualquer sobremesa ou lanche de fim-de-semana. Fica tipo doce conventual, como se fosse uma queijada grande. Aliás, a massa que fiz é uma massa de queijadas alentejanas, não tem açúcar, devem esticá-la mesmo muito fina para sevrir apenas como uma capinha para o recheio da tarte. Se não quiserem fazer a massa, usem massa quebrada de compra. Massa philo também é uma solução, eu já fiz uma tarte de abóbora e batata doce com massa philo, que também fica excelente!

Ingredentes:

Para a massa: 200 gr de farinha, 100 gr de manteiga, 1 ovo inteiro, água (1 dl no máximo)
400 gr de doce de abóbora aikido assada (receita aqui)
5 ovos inteiros
2 colheres de chá de canela em pó

Preparação:

Comece por amassar a farinha com a manteiga, o ovo e um pouco de água até obter uma massa maleável e elástica. Faça uma bola e embrulhe em película aderente, deixando uma hora em repouso. No fim dessa hora, estique a massa na pedra da cozinha com a ajuda do rolo. Forre uma forma de tarte com papel vegetal e depois forre-a com a massa bem fininha. Numa taça misture o doce de abóbora com os ovos. Vá juntando os ovos um a um e batendo à mão entre cada adição. Deite o preparado em cima da massa, na tarteira, polvilhe com a canela em pó e ajeite a massa em toda a circunferência, de forma a que fique um rebordo mais grosso apenas na extremidade. Leve ao forno pré-aquecido a 200º durante cerca de 30 minutos ou até o recheio estar cozinhado.

Bom apetite e bom fim-de-semana!

doces com abóbora
  • Facebook